The Day the Country Died: A History of Anarcho Punk 1980–1984 (Ian Glasper)

Esgotado

R$62,00
3x de R$20,67 sem juros
Ver meios de pagamento e parcelamento
Formato: 15,5 x 23 cm
Páginas: 496
Editora: PM Press
Idioma: Inglês
País de Origem: Estados Unidos

Em The Day the Country Died, o autor, historiador e músico Ian Glasper explora em detalhes a influente cena anarco-punk do Reino Unido no início dos anos 1980. Com Crass e Poison Girls abrindo as comportas, a chegada de bandas como Zounds, Flux of Pink Indians, Conflict, Subhumans, Chumbawamba, Amebix, Rudimentary Peni, Antisect, Omega Tribe e Icons of Filth anunciou uma nova era de honestidade e integridade na música underground.
Tendo como pano de fundo a Grã-Bretanha de Margaret Thatcher, o punk tornou-se auto-suficiente e muito mais agressivo, misturando um ethos DIY e ativismo para criar a trilha sonora sombria de uma juventude britânica descontente.
Foi uma época em que o punk deixou de ser apenas uma moda radical para tornar-se uma força de mudança social verdadeira, um movimento revolucionário genuíno impulsionado por alguns dos sons mais desafiadores já registrados em fita.
O anarco-punk levou a rebelião inerente ao punk a um novo nível de consciência pessoal. Todos os grandes nomes da cena e boa parte dos menores, marcam presença neste livro com entrevistas exclusivas e centenas de fotografias inéditas.