As Almas do Povo Negro (W.E.B. Du Bois)

R$54,90
Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • Ugra Rua Augusta, 1371 loja 116 - Galeria Ouro Velho - São Paulo - SP 01305-100 // ATENÇÃO: Por conta da pandemia de COVID 19, a loja está funcionando de terça a sábado, das 12h30 às 19h.
    Grátis


Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 296
Editora: Veneta
Idioma: Português
País de Origem: Brasil

Lançado originalmente em 1903, As Almas do Povo Negro é considerado a pedra fundamental do movimento negro nos Estados Unidos no século XX. Todas as lideranças desse movimento – de Martin Luther King Jr. aos Panteras Negras, do jamaicano Marcus Garvey a Malcolm X, do pastor Jesse Jackson à marxista Angela Davis – mergulharam nestas páginas e saíram delas com concordâncias e discordâncias, mas, sempre, com inspirações. Com sua mistura de sociologia, história, autobiografia, ficção e manifesto, o livro foi também, na opinião do crítico literário Arnold Rampersad, a base da literatura de James Baldwin, Toni Morrison, Richard Wright e tantos outros: “toda a literatura afro-americana deriva da visão abrangente da natureza humana que Du Bois apresenta em As Almas do Povo Negro”. E a influência vai além, e pode ser notada, por exemplo, em momentos da música de John Coltrane ou do Public Enemy.
Mas de todos os elogios que este livro recebeu, o melhor talvez seja um involuntário, feito em 1903 pelo Nashville Banner, um jornal direitista do Tennessee: “Esse livro é perigoso para ser lido pelo negro, porque só vai incitar o descontentamento e encher sua imaginação com coisas que não existem, ou coisas que não deveriam estar em sua mente”.
Uma edição com prefácio de Silvio Almeida, ilustrações de Luciano Feijão e centenas de notas e comentários.