Separados (Scott Snyder, Scott Tuft, Attila Futaki)

20% OFF
R$69,90 R$55,90
Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • Ugra Rua Augusta, 1371, loja 116 – São Paulo/SP. Retirada às quartas e aos sábados, das 12h às 19h.
    Grátis


Formato: 17 x 26 cm
Páginas: 192
Editora: DarkSide
Idioma: Português
País de Origem: Brasil

Aos 12 anos, Jack Garron foge de casa para procurar pelo pai biológico, um menestrel rebelde que o abandonou logo após o nascimento. Junto de Sam, que conhece no mesmo trem em que subiu ilegalmente para fugir da pequena Jamestown, rumam para Chicago. O ano é 1916, mesma época em que um homem assombra as estradas; um homem de dentes afiados e muita fome, que atravessa o caminho da dupla.
Anos antes de assustar os leitores ao lado de Jock com Wytches (DarkSide® Books, 2017), o premiado escritor Scott Snyder (Batman, Vampiro Americano) desbravou o universo do horror com Separados, publicado originalmente pela Image Comics em 2013. Em trabalho com o corroteirista Scott Tufts (Monstro do Pântano) e a arte de Attila Futaki (da adaptação de Percy Jackson para os quadrinhos), o trio mergulhou nos Estados Unidos da década de 1910, quando o país começava a acelerar a industrialização, mas ainda era, em grande parte, rural, distante e indomável. Um excelente cenário para uma história em quadrinhos de horror.
O roteiro de Snyder e Tufts consegue recriar a atmosfera da América de um século atrás, um país difícil de reconhecer quando olhamos para o país de hoje. Naquela época, a agitação cada vez maior nas ruas das cidades contrastava à aparente paz e beleza de um país continental que parecia intocado pelo progresso. A arte detalhista de Futaki nos leva a passear nessa América profunda, sombria e perdida a cada página. O seu uso dos jogos de luz e sombra produz uma crescente tensão visual, deixando o clima de suspense tomar o leitor.
O antagonista da história, esse homem que assombra as estradas, é uma figura recorrente das histórias norte-americanas de horror daquela época. Aqui, nos deparamos com alguém de sede de sangue insaciável, ao mesmo tempo em que parece atravessar os séculos em busca das vítimas. Singular, Separados nos revela como as promessas do sonho americano podem rapidamente se transformar em um pesadelo que nos entrega tudo aquilo que não gostaríamos de enfrentar.